Histórico

Diretora médica do laboratório FONTE MEDICINA DIAGNÓSTICA,  Drª. Andréa Pires, relata sua trajetória profissional.

campanha_fotoEm 2004 eu já era médica patologista e professora universitária há quase uma década, com passagem por diversos laboratórios privados. Ávida por conhecimento, entusiasta da pesquisa científica e com grande carinho e respeito pelos pacientes, que atendia através da análise de seus exames, me sentia desconfortável pelo enfoque meramente comercial e impessoal e, muitas vezes, da baixa qualidade da maioria dos serviços de saúde. O desejo de oferecer um serviço de patologia personalizado e de alta qualidade, associado à pesquisa científica e inovação tecnológica era a tônica de longas conversas com minha sócia e companheira de todas as horas, que me estimulava a realizar este sonho. Associando minha experiência na área e conversas com clientes e parcerias em potencial, vimos que a ideia era viável e fundamos nossa empresa. O capital inicial veio da família – minha mãe vendeu alguns apartamentos que alugava, eu vendi minha casa e minha sócia, o carro.

A gestação durou muitos meses dedicados à obra, aquisição de equipamentos, reagentes e outros insumos e treinamento dos colaboradores, tudo sempre em adequação às normas da vigilância sanitária.

Finalmente, em meados de 2005, nosso laboratório nasceu – perfeito e lindo, como imaginávamos. Mas, tal qual um bebê, os primeiros anos foram de muita felicidade mas, também, de muita apreensão e cuidados com a criação… O mercado de anatomia patológica era, e ainda é, dominado por grandes conglomerados de laboratórios de análises clínicas, que não entendem que a anatomia patológica é um trabalho médico árduo, pois cada exame de patologia cirúrgica (ex. biópsia), citopatologia ou hibridização “in situ” deve ser analisado e interpretado por um médico patologista que deve emitir um laudo diagnóstico, e não são exames feitos por máquinas que fornecem resultados numéricos que devem ser interpretados pelo médico atendente do paciente para finalmente este chegar ao diagnóstico. Este domínio por parte de mega-laboratórios de análises clínicas fez com que os valores de remuneração dos exames de anatomia patológica praticados pelo mercado, particularmente pelos planos de saúde, ficassem em níveis inadmissivelmente baixos, muitas vezes mal pagando os insumos gastos para seu preparo. Continuamos firmes em nosso propósito de fazer Medicina de qualidade, cientes que “nadamos contra a maré”, com preços justos e poucos convênios. Cansamos de ouvir que éramos loucas, que deveríamos fechar a empresa… Com muita dificuldade e contando com mais ajuda da família e de alguns poucos amigos que nos ajudaram financeiramente, continuamos firmes, mês após mês, acreditando que havia nicho de mercado para exames de patologia oncológica de alta complexidade e alta qualidade.

Desde o início tínhamos a preocupação com a qualidade dos exames e, além do licenciamento da Vigilância Sanitária, do Programa de Incentivo ao Controle de Qualidade – PICQ da Sociedade Brasileira de Patologia e dos programas de controle externo de qualidade do Colllege of American Pathologists (CAP, Estados Unidos) e da United Kingdom Quality Assessment Scheme for immunocitochemistry (UK-NEQAS-ICC, Inglaterra), desenvolvemos e patenteamos inédito controle interno de qualidade  – uma técnica que permite construir blocos de “tissue microarray – TMA”, assegurando controle de qualidade da reação inserido em cada lâmina realizada no Fonte Medicina Diagnóstica, garantindo a qualidade dos nossos exames individualmente. Por isso, gosto de dizer que, para nós, “RESPEITO PELA VIDA”“CIÊNCIA A SERVIÇO DA SAÚDE” não são só slogans, mas nossa missão e princípios.

Os anos foram passando e nosso bebê, crescendo saudável, provando que estávamos certas quando insistimos em fazer diferente, em praticar o que julgávamos correto.

Continuando neste caminho, recentemente implantamos as técnicas de patologia molecular (hibridização in situ fluorescente e cromogênica – FISH e CISH – e reação em cadeia da polimerase – PCR). Hoje, além de realizar exames anatomopatológicos diagnósticos de alta complexidade para clientes de todo o país, realizamos pesquisa científica própria ou em parceria com instituições de pesquisa e universidades, produzindo e disseminando o conhecimento.

Outra preocupação que temos é manter o diálogo com nossos clientes, para tanto, desenvolvemos ferramentas de mídia digital – website, blog, Facebook,  Twitter, LinkedIn e newsletter. Nosso “site” institucional é dividido em 3 áreas: pacientes, médicos e pesquisadores, cada área contendo informações direcionadas específicas para estes públicos. No site é possível conhecer mais sobre a empresa, a equipe, exames e procedimentos realizados com resultados on-line, além de nossa produção científica e premiações; tudo em contínua atualização e ampliação. O espaço do “blog” é dinâmico, destinado a artigos de interesse geral, escritos por nossa equipe, que podem ser comentados pelo visitante – informação médica de qualidade e confiável. Já as redes sociais têm o papel de divulgação de novidades na área da Patologia e do laboratório. Contamos ainda com “newsletter” digital e sua assinatura garante o recebimento de informações institucionais importantes via correio eletrônico.

Todo o esforço dos últimos 8 anos compensou: nosso laboratório acumula, em seus 8 anos de vida, 4 prêmios (sendo o mais recente o  troféu de prata do prêmio FINEP INOVAÇÃO 2012, região sudeste), o depósito de 3 patentes, mais de 70 trabalhos científicos apresentados e 13 artigos científicos publicados no Brasil e exterior, como resultado de sua frente de inovação e gestão de seus processos internos. Entrando agora em outro nível de maturidade, objetivamos ser o primeiro laboratório brasileiro de anatomia patológica com certificações internacionais de maturidade em serviços ISO 20.000 e “CMMI for Services”.

Esta é nossa história de empreendedorismo, onde conhecimento, ciência, perseverança, qualidade, gestão, comunicação, inovação, ética, respeito, família e amizade têm papel decisivo e de sucesso. Procuramos nos diferenciar sendo mais “pessoal e amigável”, tal como planejamos a redação desse honesto e transparente relato. Se você se identifica com nossos valores e valoriza nossa trajetória, aproxime-se, entre em contato, visite-nos, enfim: seja bem-vindo! Temos muito interesse em lhes oferecer nossos serviços, sempre de maneira adequada às suas preferências.

Drª Andréa Rodrigues Cordovil Pires
Médica Patologista