HEMATOPATOLOGIA

Todos os Exames

A Hematopatologia é uma subespecialidade da Anatomia Patológica responsável por estudar e diagnosticar as doenças hematológicas.

Os linfomas, leucemias, mielodisplasias, mieloma múltiplo e outras doenças hematológicas usualmente requerem uma série de exames médicos para seu diagnóstico. Parte desses exames – biópsias, imuno-histoquímica, hibridização “in situ” fluorescente (FISH) e reação em cadeia da polimerase (PCR) – é executada por médico anatomopatologista.

A Hematopatologia é uma subespecialidade da Anatomia Patológica / Patologia responsável por estudar e diagnosticar as doenças hematológicas. Nesta subespecialidade o Patologista deve ter domínio dos métodos clássicos de histopatologia e citopatologia e suas classificações em contínua atualização, mas também estar preparado para lidar com as metodologias modernas da Patologia Molecular e o indispensável diálogo com os médicos clínicos. Portanto, o Hematopatologista é o médico que se encontra na interface entre a pesquisa básica, o diagnóstico anatomopatológico e a clínica dos pacientes – o que justifica a necessidade da subespecialização em Hematopatologia.

No Brasil, como em todo o mundo, há poucos Hematopatologistas. Em parte esta escassez é explicada pela ampla gama de conhecimentos, de técnicas disponíveis e de dedicação imprescindíveis para a formação e atuação deste especialista.

O Fonte Medicina Diagnóstica ocupa uma posição privilegiada – além de dispor de todas as técnicas anatomopatológicas– histopatologia, imuno-histoquímica e FISH, sua diretora médica é Hematopatologista, com mais de 15 anos de experiência. Em seu currículo, destaca-se:

  • Co-autora dos capítulos de “Linfoma não Hodgkin” e “Biópsia de Medula Óssea” do Manual de Laudos Histopatológicos da Sociedade Brasileira de Patologia, 2013

 

  • Membro do “Club de Patología Hematológica Sudamericano”

 

  • Apresentação de casos em “Seminários de Lâminas – Hematopatologia” nos Congressos Brasileiros de Patologia, 2007 a 2013

 

  • Ministrou diversas palestras nacionais e internacionais, como “Frecuencia de Linfomas no Hodgkin” e “Frecuencia y variedades de la Enfermedad de Hodgkin” nas Jornadas de Hematopatologia Franco-Argentina, 2003 e 2001

 

  • Numerosos cursos de atualização, como o “Tutorial On Neoplastic Hematopathology – Dr. Daniel Knowles” – lançamento da Classificação da OMS de tumores de tecidos hematopoéticos e linfóides, 2000

 

  • Produção científica: 9 artigos publicados em periódicos e mais de 50 trabalhos apresentados em congressos, nacionais e internacionais, sobre doenças hematológicas

CONHEÇA NOSSOS PROCEDIMENTOS
DIAGNÓSTICOS DISPONÍVEIS EM HEMATOPATOLOGIA:

HISTOPATOLOGIA
Realizamos diagnósticos em biópsias de medula óssea, linfonodo e outros órgãos com suspeita de doenças hematológicas.

 

HISTOQUÍMICA
Reações histoquímicas (“colorações especiais”) para auxílio no diagnóstico histopatológico, como Giemsa, vermelho Congo, reticulina, Pearls, tricrômicos etc.

 

IMUNO-HISTOQUÍMICA
Dispomos de mais de 100 anticorpos primários para diagnóstico e classificação de linfomas, leucemias e outras doenças hematológicas; lista em contínua atualização e expansão.

 

HIBRIDIZAÇÃO “IN SITU” FLUORESCENTE – FISH
Diversas sondas para pesquisa de mutações associadas ao diagnóstico onco-hematológico, como IGH, BCR-ABL, CCND1, ALK, MYC, TPS3/CEN17 e ETV6/RUNX1; lista em contínua atualização e expansão.

 

HIBRIDIZAÇÃO “IN SITU” CROMOGÊNICA – CISH
Sondas para pesquisa do vírus de Epstein-Barr, associado ao linfoma de Hodgkin, entre outros.

 

Entendemos que o diagnóstico especializado, ágil e preciso e a integração Clínica – Patologia são os pilares do tratamento adequado para o paciente onco-hematológico. São a aplicação prática de nossa missão e princípios: RESPEITO PELA VIDA e CIÊNCIA A SERVIÇO DA SAÚDE.

adesivo_vidro_auditorio1

 

  • Blocos de parafina
  • Lâminas com preparados citopatológicos (EXAME IMUNO-CITOQUÍMICO – esfregaços, citocentrifugados ou imprints fixados, mesmo já corados)

Para maiores informações, consulte-nos por telefone.

 

FORMULÁRIO DE REQUISIÇÃO PARA OS EXAMES [DOWNLOAD]

Os exames são realizados de forma padronizada e validada, com controle de qualidade interno individualizado por lâmina, através de técnica de tissue microarray desenvolvida e patenteada por nós, com validação científica através de publicações nacionais e internacionais. Além disso, participamos continuamente, com proficiência, de dois programas de controle de qualidade externos internacionais – do College of American Pathologists – CAP (Estados Unidos) e do United Kingdom Quality Assessment Scheme for immunocitochemistry – UK-NEQAS-ICC (Inglaterra).

O QUE É HEMATOPATOLOGIA?

A Hematopatologia é uma especialidade médica que estuda as doenças do sangue e de órgãos hematopoéticos, onde se formam as células do sangue.

O QUE É LEUCEMIA?

É uma doença maligna dos glóbulos brancos (leucócitos). A medula é o local de formação das células sanguíneas e ocupa a cavidade dos ossos. Nela são encontradas as células que dão origem aos glóbulos brancos, aos glóbulos vermelhos (hemácias ou eritrócitos) e às plaquetas.

 

COMO SE DETECTA A LEUCEMIA?

Com exame de sangue (hemograma) e com o exame chamado mielograma (análise das células da medula óssea).

 

A LEUCEMIA TEM CURA?

Sim, as chances de cura da Leucemia podem chegar a mais de 80% dos casos detectados na fase inicial. Quanto mais cedo ela for diagnosticada, melhores serão os resultados.

 

QUAIS SÃO OS TRATAMENTOS PARA LEUCEMIA?

O tratamento é Quimioterápico e/ou Radioterápico. Para alguns casos, há a possibilidade de transplante de medula óssea.
QUANDO É NECESSÁRIO O TRANSPLANTE?

Em alguns tipos de Leucemias (Leucemia Mielóide Aguda, Mieloma Múltiplo, neuplasia de medula e Leucemia Linfóide Aguda) e em Linfomas, o transplante pode ser indicado.

 

O QUE É LINFOMA?

O linfoma é quando uma célula normal do sistema linfático se transforma, cresce sem parar e se dissemina pelo organismo.

40601110

Procedimento diagnóstico em biópsia simples “imprint” e “cell block”

40601196

Procedimento diagnóstico em fragmentos múltiplos de biópsias de mesmo órgão ou topografia, acondicionados em um mesmo frasco,

40601200

Procedimento diagnóstico em peça anatômica ou cirúrgica,

40601218

Procedimento diagnóstico em peça cirúrgica ou anatomia complexa,

40503216

Interpretação e elaboração do laudo da análise genética, por amostra

40501159

FISH em metáfase ou núcleo interfásico, por sonda

40601170

Procedimento diagnóstico em painel de imunoistoquímica (duas a cinco reações)

40601188

Procedimento diagnóstico em reação imunoistoquímica isolada

40601153

Procedimento diagnóstico em revisão de lâminas ou cortes histológicos seriados